esportenogueirense.com.br

Cosmópolis é campeão da Copa “Berço da Amizade”

Em jogo emocionante desde do início, a seleção de Cosmópolis vence Holambra e conquista a Copa “Berço da Amizade” organizada pela Secretaria de Esportes e Lazer de Artur Nogueira.

O jogo começou a “todo vapor” com as duas equipes buscando o gol mas aos quize do primeiro tempo Diego em linda jogada, chute forte e no ângulo do goleiro e abre o placar para a equipe de Holambra. Logo em seguida em boa jogada novamente de Diego, seu companheiro de ataque chuta mas a bola bate na trave e não entra.

Mas demorou muito para que Luiz Henrique empatasse a partida colocando novamente Cosmópolis no jogo. E Diego que vinha jogando bem e armando praticamente todas as jogadas de Holambra se desentendeu com Elton de Cosmópolis em jogada fora do lance e o árbitro expulsou os dois jogadores por agressão.

E logo no início do segundo tempo, em jogada de escanteio o goleirão Bruno chutou de longe e consegue virar o jogo para o time de Cosmópolis. E novamente não durou muito esse placar. Aos dez minutos do segundo tempo, Mauricio novamente empata a partida para Holambra.

As duas equipes mostravam muita vontade de ganhar mas a equipe de Cosmópolis com mais jogadores no banco aproveitou melhor e Luiz Henrique novamente vira o jogo e faz o seu segundo gol na partida.

Ainda no finalzinho da partida um lance polêmico causou muito reclamação por parte dos jogadores de Holambra quando Pedrinho, o goleiro de Holambra, lançou a bola com a mão na saída da meta, e a bola entrou no gol após passar por vários jogadores. Para a arbitragem a bola não tocou em nenhum um atleta e isso invalida o gol. Se a bola batesse em algum jogador, o gol seria válido e empataria o jogo e por isso que a equipe de Holambra reclamou bastante do lance.

E Cosmópolis comemora após o apito do juiz lembrando a equipe de vôlei após ficarem campões nas olímpiadas dando um “peixinho” na frente da sua torcida.

Apenas Cosmópolis recebeu o troféu de Campeão, não houve troféu para o segundo lugar.

Carlos Alberto Torres, “a Lenda” como ele mesmo se intitula, recebeu o troféu de melhor jogador da Copa e declarou estar muito feliz com a conquista: “Muito feliz, porque o nosso time é uma família, vem pai, mãe, a gente se conhece e joga junto desde criança. A gente já ganhou quase tudo na região metropolitano, regional e graças a Deus ganhamos mais um título. É a família unida e difícil ganhar da família, é muita vontade” e terminou a entrevista com um “grito de guerra” criado entre eles.

You must be logged in to post a comment Login

%d blogueiros gostam disto: